quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Preso com drogas suspeito de ação contra sargento da PM

Está preso na Unidade Integrada ProPaz do bairro do Tapanã, em Belém, Thiago Amaral Bastos, de 23 anos, suspeito de participação na ação que vitimou o sargento da Ronda Tática Metropolitana (Rotam) Alberto José Rebelo Neves no último dia 28 de outubro.


De acordo com a delegada Adriana Magno, responsável pelo caso, a detenção foi feita durante a operação Saturação das polícias Civil e Militar. "Com ele estavam mais dois homens que também foram presos. A polícia chegou até o suspeito após receber denúncia de uma testemunha que não pode ser identificada de que Thiago afirmava para todo mundo que participou do crime contra o sargento", afirmou a delegada. Outros dois homens, também presos, foram Gleydson Oliveira de Lima, de 25 anos, taxista que transportava no carro o entorpecente apreendido e Alan do Amaral de Sena, de 22, que estava no carro. Autuados em flagrante, os suspeitos deverão responder por tráfico de drogas e deverá ser investigado a participação de Thiago no atentado contra o militar.

Acusado de matar policial militar será julgado

Acusado de matar policial militar será julgado  (Foto: Paulo Moraes/Rota Cidadã)
Será realizado na manhã da próxima segunda-feira (16), no Fórum Criminal de Belém, o juri de Edno da Silva Costa, acusado pelo homicídio do policial militar Cláudio da Cruz Rodrigues de Lima em março de 2014. O réu será julgado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. Cláudio foi morto na Avenida Dr.Freitas, quando chegava à casa de sua sogra, juntamente com sua esposa e seus dois filhos. Segundo a  companheira do policial, Edno abordou a vítima e ordenou que ela se encostasse em seu carro, disparando contra ele em seguida. O PM ainda se jogou na frente de seus filhos, na intenção de protegê-los, e disparou contra Edno, que foi ferido, mas acabou morrendo no local. Edno foi preso após receber atendimento no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência. De acordo com apuração da polícia, o crime foi motivado por vingança.

(DOL com informações do MPE) 
Fonte: (DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!