quinta-feira, 24 de março de 2016

Preso pela PM homem que matou o atual namorado da ex em Itaituba, PM

TRIÂNGULO AMOROSO TERMINA EM MORTE NO BAIRRO DE SÃO TOMÉ. O EX-MARIDO ATACOU QUATRO PESSOAS COM UMA FACA, E UMA DELAS MORREU NO LOCAL.

(Vitima)
As cenas no local mais pareciam tiradas de um filme de terror e suspense. Testemunhas afirmaram que, se não houvesse a intervenção, de algumas pessoas da família que mora no bairro de São Tomé, certamente seria uma chacina. Era por volta das 09 horas da noite de quarta-feira quando um homem, identificado como Carlos dos Santos Sousa, chegou à casa armado com uma faca e começou a agressão. Primeiramente, ele feriu gravemente Rondinely da Conceição Silva. Em seguida, os moradores tentaram conter o agressor e também foram feridos. Rômulo Gomes dos Santos, a irmã dele, Roniele Gomes e o pai, Roney Quintana dos Santos, foram golpeados, mas conseguiram escapar. Mesmo ferido, Rômulo ainda conversou com uma equipe de reportagem no local.
Rômulo e a irmã dele foram conduzidos às pressas para o Pronto Socorro Municipal. Rondinely não resistiu e morreu no local. Esta senhora, que pediu para não ser identificada, conta que Carlos e Roniele viveram juntos por algum tempo, mas estavam separados há dois meses. O homem não aceitava a separação; tentava reatar com a mulher, mas era recusado. Rondinely teria iniciado um romance com a mulher; Carlos ficou sabendo e decidiu, por meio da violência, pôr um fim no relacionamento entre a mulher e o amante, que era casado e estava com a mulher grávida. Após a agressão, Carlos dos Santos, mesmo ferido, conseguiu escapar. O corpo de Rondinely da Conceição foi removido por uma equipe de peritos do IML. Pelo menos quatro viaturas da Polícia Militar foram encaminhadas para o local, onde foi feito o levantamento da situação e iniciada a perseguição. Foram feitas incursões na área, mas, até a madrugada, o acusado ainda não havia sido localizado.
Já na manhã desta quinta-feira (24), Carlos teria feito contato com a Polícia Civil com o interesse de se entregar. Segundo o escrivão Haroldo Batista Macedo, a Polícia Militar, na pessoa do sargento Jair, foi acionada e se deslocou até a casa do acusado, que foi encaminhado e apresentado na Seccional de Polícia, onde admitiu a culpa, mas disse que o seu objetivo era matar somente Rondinely. Carlinhos foi autuado por homicídio e três tentativas de homicídio. O acusado já está sob custódia da Polícia Civil, à disposição da Justiça.

Fonte: Jornalista Mauro Torres...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!