domingo, 10 de abril de 2016

Defensoria Pública fará mutirão itinerante em Itaituba, PA

O defensor Público geral do Estado do Pará, Luís Carlos de Aguiar Portela, recebeu em audiência na tarde de quinta-feira (07), a prefeita de Itaituba, Eliene Nunes, e representantes de entidades do município.


A pauta principal do encontro foi a solicitação da nomeação de um defensor público para atuar na comarca de Itaituba, que recebe também demandas dos municípios de Novo Progresso, Jacareacanga, Trairão e Aveiro. Além da prefeita, participaram da reunião a presidente da OAB subseção de Itaituba, a advogada Cristina Bueno e o vereador Isacc Dias. “Nossa cidade sofre muito com a falta de defensores públicos. Na verdade nós precisamos, no mínimo, de três defensores, por conta da enorme demanda. Mas diante das limitações da própria Defensoria em todo o Estado, um profissional já amenizaria bastante a situação”, disse a prefeita Eliene Nunes.

Depois de fazer um breve relato sobre a situação da Defensoria Pública, o Defensor Geral Luís Carlos Portela, sugeriu a realização de um mutirão itinerante em Itaituba, para agilizar o andamento dos processos. A sugestão foi acatada por todos, sendo que o mutirão deverá acontecer já na primeira semana de maio. Portela prometeu ainda que nomeará um defensor público para Itaituba ainda no primeiro semestre deste ano.

“Apesar das dificuldades, nos sensibilizamos com a situação do município de Itaituba. De nossa parte, não vamos poupar esforços para atender esta demanda que tanto carece dos serviços da defensoria”, frisou Portela ressaltando que a Defensoria Pública contará com o apoio da prefeitura e da OAB para a realização do evento itinerante. “Vamos nos empenhar ao máximo para resolver este grave problema que afeta a classe mais necessitada de nosso município”, finalizou a advogada Cristina Bueno.

Histórico: O programa de Assistência Judiciária Gratuita, foi criado em Itaituba no ano de 1997 e até então funcionava na Casa do Cidadão. O município manteve neste programa cerca de 6 advogados que atendiam gratuitamente a população. Calcula-se que durante os mais de 15 anos do programa, mais de 40 mil pessoas foram atendidas, tanto em Itaituba quanto nos municípios vizinhos, como Jacareacanga, Trairão, Aveiro, Rurópolis e Novo Progresso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!