sexta-feira, 17 de junho de 2016

Pará: Bebê raptada em UMS de Icoaraci é localizada

Bebê raptada em UMS de Icoaraci é localizada (Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará)
O bebê sequestrado nesta quinta-feira (16), na Unidade Municipal de Saúde (UMS) do distrito de Icoaraci, em Belém, foi encontrado, e o casal que o raptou, preso.

O casal envolvido no sequstro é Tamara Joana Brasil, de 18 anos, e Felipe Garcia, de 22 anos, foi detido por volta das 19h15. Também foi presa Valéria das Graças Brasil, de 39 anos, mãe de Tamara. A criança de apenas um mês de vida, inclusive, estava nos braças de Valéria na hora da prisão. Segundo infomações da Polícia Civil, Tamara e Felipe frequentavam há aproximadamente uma semana, de maneira constante, o UMS de Icoaraci. A mãe de Felipe trabalha na unidade, de acordo com depoimentos colhidos, o que justificaria sua presença. A sequestradora Tamara se aproveitou do fato da sogra trabalhar na UMS como forma de ganhar a confiança de Jéssica Coelho, de 23 anos, mãe do bebê. A versão apresentada por Tamara para justificar o rapto da criança foi a de que sua mãe, Valéria, havia perdido um filho recentemente e estava depressão. Foi quando decidiu raptar um bebê e entregá-lo à mãe.


PERSEGUIÇÃO: Felipe Garcia e Tamara Joana Brasil (à esquerda) foram reconhecidos pela mãe do bebê. Valéria das Graças Brasil, mãe de Tamara, estava com a bebê nos braços no momento da prisão. 
Após identificar os suspeitos, que residem em Icoaraci, a polícia fez cerco à casa de Tamara e Felipe, mas não estavam mais no local. Em seguida, a polícia teve a informação de que os dois se deslocaram para a residência de Valéria e partiu em buscas dos três suspeitos. Quando foram encontrados, os suspeitos tentaram fugir. Valéria estava com a bebê no colo e logo foi presa, enquanto Tamara e Felipe foram detidos em outro ponto do distrito. Os três foram apresentados em flagrante por volta das 19h15 na Seccional de Icoaraci e Jéssica reconheceu Tamara como a responsável pelo rapto. Tamara, Felipe e Valéria estão presos e ficarão à disposição da Justiça.
O CASO: Após muitas lágrimas devido ao sumiço da filha, a mãe teve a filha de volta. (Foto: Celso Rodrigues/Diário do Pará) Jessica Coelho estava amamentando o filho de apenas um mês de vida quando uma desconhecida apareceu, pediu para carregar a criança e perguntou se poderia mostrar à sua sogra, que seria uma funcionária da UPA. Apesar de não conhecer a mulher, Jéssica permitiu que a desconhecida levasse o bebê, mas pediu que a filha de quatro anos de idade a acompanhasse. No entanto, a criança também foi enganada e a mulher sumiu com o recém-nascido.

Fonte: (DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!