terça-feira, 5 de julho de 2016

"A intenção era capturar Lucas, mas ele atirou na policia e tivemos que revidar", disse comandante da PM em NP.

O comandante do 7° Companhia Independente da  Polícia Militar; Major Furtado, concedeu entrevista coletiva à imprensa de Novo Progresso, na tarde desta terça-feira (05), para falar sobre a morte do principal suspeito de matar sargento João Luiz da  Policial Militar.
O homem morto em troca de tiro é apontado como o principal suspeito de matar, no dia (17 de Junho), com dois tiros o sargento da Policia Militar João Luiz em momento que participava de missão com agentes ambientais do Ibama na “Flona Jamanxim” no Município de Novo Progresso. Lucas estava de posse de uma escopeta, disse Major. O comandante Furtado repassou a imprensa que moradores da região chegaram até a Policia Militar e repassaram informações que o foragido sem encontrava naquela região.
O Major também informou que a Policia tinha intenção de capturar, mas que no momento que a guarnição deu voz de prisão ele revidou com tiro, única saída foi revidar o foragido suspeito de matar o Sargento João Luiz, levou dois tiros um na perna outro no abdômen, morreu no local, disse o Major. Para a Policia Militar o caso da morte do sargento está encerado, daqui pra frente compete a Policia civil finalizou o major. “A reportagem do Jornal Folha do Progresso  tentou contato com a família do Lucas, mas até o fechamento desta edição não foi possível.

Fonte: Folha do Progresso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!