sexta-feira, 8 de julho de 2016

Itaituba: Indígena confessa assassinato e alega que vitima teria cometido abuso sexual

Resposta Rápida: Em uma ação rápida da guarnição da Policia Militar de Itaituba, destacada no distrito de Miritituba, composta pelos militares: SGTs. Lago; Odenilson; Cb. Luiz e Sd. Welligton, com apoio do serviço reservado conseguiram prender o principal acusado de ter matado Edmar Pereira de Sousa, 39 anos, na madrugada de quarta feira, 06, em Miritituba.

(corpo despido na mata)
Corpo achado e investigação: Logo após o corpo de Edmar ter sido encontrado por populares na manhã de quarta feira, 06, em um local de mata próximo o Rio Tapajós em Miritituba a policia militar caiu em "campo" para tentar prender o assassino ou os assassinos. Depois de um trabalho de investigação minuciosa os militares conseguiram chegar ate um suspeito identificado por Raulison Paigó Mundurucu, de 18 anos, ele teria sido o ultimo á ser visto com a vitima. 
(Edmar Pereira de Sousa- Vitima)
Identificação e prisão do suspeito: Com a identificação do principal suspeito de cometer o crime, à primeira parte da missão tinha sido cumprida, agora era localiza-lo, e não demorou muito para que a policia descobrisse seu paradeiro. O mesmo estaria homiziado em uma casa na Vicinal Santa Rida, região do Itapacurá, há cerca de 28 km de Miritituba. De posse da localização, os militares se prepararam para dar o “bote”, foram de madrugada para o local, e por volta das 6hs00min da manhã de quinta feira, 07, cercaram a casa, adentraram e deram voz de prisão há todos que estavam na residência ainda dormindo, nenhum deles esboçou reação. No local foram presos: Raulison Paigó Mundurucu; Rony Paigó Mundurucu, (seriam primos); Diemison Rocha da Silva e Dhione Rocha da Silva, (irmãos). 
(Raulison; Rony; Diemison e Dhione)
Presos negam crime: Todos foram encaminhados para a delegacia de Policia para serem ouvidos em depoimento. Inicialmente todos negaram qualquer participação na morte de Edmar; Raulison o principal suspeito negou o crime, disse que já tinha falado coma vitima, mas não tinha o matado. Com a negação de Paigó a policia o confrontou com algumas informações precisas, e o mesmo não teve saída a não ser confessar o crime e tudo foi registrado em depoimento. 
(Raulison Paigó Mundurucu- acusado)
Confissão do crime: Paigó disse em depoimento a Policia Civil que todos estavam bebendo nas proximidades da caixa d’água na 1ª Rua do Bairro DNER. Depois de algum tempo no local ele e Edmar se distanciaram dos demais, de posse de um fação cometeu o crime, não dando nenhuma chance de defesa a vitima que foi golpeado violentamente em diversas partes do corpo, foram golpes muito profundo, fazendo com que a vitima tivesse morte instantânea. Depois de cometer o crime bárbaro Paigó jogou o corpo de Edmar em uma ribanceira de proximidade 15 metros. Paigó retornou ao local, onde todos estavam com a camisa com marcas de sangue e todos já sabiam o que tinha acontecido. O mesmo teria relatado á sua esposa o que acabara de fazer, a mesma teria ficado apavorada chamando atenção de vizinhos.

Fuga: Depois de cometer o crime Raulison Paigó juntos com os três foram se homiziar na vacinal Santa Rita.
(quarteto preso na delegacia)
Motivação: Paigó disse aos policiais que cometeu o crime porque a Edmar teria tentado abusar sexualmente de sua filha, e tão logo soube do fato jurou vingança e disse que iria fazer justiça com as próprias mãos em defesa de sua filha. E que no dia do crime bebeu para ter coragem e cumprir com seu plano. Ele inocentou seu primo e os dois irmãos, e disse que cometeu o crime sozinho. Com a confissão de Paigó a policia considera o crime esclarecido e estudara quais procedimentos ira tomar contra os três que deram apoio ao assassino. Segundo informações repassadas ao sargento Lago; Paigó teria matado Edmar com ajuda de Diemison Rocha da Silva; Dhione Rocha da Silva e Rony Paigó Mundurucu deram apoio na fuga. A sociedade parabeniza o desempenho dos militares que tiveram participando da missão, dera uma resposta rápida a sociedade.
(Edmar- Vitima)
(Raulison- Autor do crime)
(Diemison teria ajudado no crime)
(Rony- ajudado na fuga)
(Dhione ajudado na fuga) 
 Fonte: Blog do Junior Ribeiro
Fotos: Reprodução Whatsapp


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!