quarta-feira, 27 de julho de 2016

Jatene visita Hospital Regional do Baixo Amazonas em Santarém, PA.

O governador Simão Jatene visitou na manhã desta quarta-feira (27) o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, no oeste paraense.

Lá, ele conheceu de perto o novo setor de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, que passou a contar com mais 19 leitos desde o último dia 15 de julho. Com essa expansão, o HRBA aumentou de 21 para 40 o número de leitos disponíveis. Desse modo, o hospital também passou a abrigar a maior UTI pública do interior do Pará. O investimento na ampliação do serviço foi de R$ 10 milhões em recursos próprios do Estado. “Quero agradecer a todos que contribuíram para que esse projeto se tornasse realidade, porque um empreendimento dessa magnitude não se faz sozinho. Agora estou vendo a realização de mais um sonho, que é a expansão dos leitos de UTI. Há dez anos, só tínhamos serviços de alta e média complexidade na capital, em Belém. E dez anos não é tanto tempo assim. Hoje, temos espalhados pelo Pará pelo menos dez centros de alta e média complexidade. E esse aqui [HRBA] é um centro efetivo, de excelência em todos os sentidos. Parabenizo a todos que ajudaram a fazer deste hospital uma referência. Esse trabalho mostra que é possível oferecer saúde pública de qualidade”, disse Simão Jatene.
O governador visitou a UTI, que está em pleno funcionamento desde o dia 15 de julho. E também acompanhou a entrega do tomógrafo que permitirá a realização de exames em menor tempo e com resolução de imagem superior. Em conversa com o corpo médico e com a direção do HRBA, Jatene frisou que, a despeito do momento de crise que o País vive, o Governo do Estado tem se esforçado para manter os investimentos, principalmente nas áreas estratégicas, como a saúde. “Para manter um hospital como esse, o governo tem um custo equivalente ao da construção de um novo hospital. E ver que toda essa estrutura funciona de forma eficiente, garantindo um serviço de qualidade para a população, é recompensador. Mostra que, com o envolvimento e comprometimento de todos os envolvidos, é possível manter políticas públicas efetivas. Tenho 48 anos de serviço público e digo que essa é uma das maiores crises pela qual o País está passando. Mesmo assim, estamos entregando esses investimentos. São coisas assim que nos restabelecem as forças e nos trazem a esperança de sair dessa crise renovados”, disse o governador.
Ainda no tocante aos investimentos na área de saúde, o governador destacou as obras do Hospital Regional do Tapajós, no município de Itaituba, a 400 quilômetros de Santarém, que estão em andamento. Também lembrou que existem discussões de planejamento para a construção de uma unidade de alta e média complexidade para atender os municípios da Calha Norte. “A construção do Hospital de Itaituba está em curso, mas em razão da crise as obras ainda não estão sendo tocadas no ritmo que se espera, mas vamos dar mais celeridade a esse trabalho. Já na Calha Norte estamos discutindo uma alternativa ao projeto que havia sido pensado. A equipe técnica sugeriu que, ao invés de implantarmos um grande hospital, seria mais eficiente que tivéssemos dois de médio porte para atender melhor a demanda dos municípios que ficam naquela região: um próximo de Juruti e outro perto de Prainha”, argumentou o chefe do Executivo Estadual.
De maio de 2008 até junho de 2016, o HRBA já atendeu 622.576 pessoas e realizou cerca de 4,5 milhões de atendimentos. Somente as cirurgias somaram 30.043 registros. No Norte do Brasil, ele foi o primeiro hospital público a obter o certificado máximo de qualidade, ONA 3 (acreditado com excelência), concedido mediante o cumprimento das melhores práticas hospitalares e de qualidade assistencial. Ao fim da visita ao HRBA, Simão Jatene seguiu para o município de Monte Alegre, onde fez a entrega da pavimentação da PA-255, que liga aquele município a Santarém, por meio do porto de Santana do Tapará. “A PA-255 é a primeira estrada asfaltada naquela região, o primeiro passo para promover a integração intrarregional da Calha Norte. Enquanto muitos estados brasileiros enfrentam limitações orçamentárias, estamos conseguindo terminar obras”, destacou o governador. Ele acrescentou que a Escola Tecnológica de Santarém já está pronta e aguarda somente a definição do modelo de gestão para iniciar suas atividades. “É um modelo inovador, nunca antes visto no Estado e que depende da aprovação de uma lei estadual, que é o projeto Pará Profissional”, finalizou.

Por Alailson Muniz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!