quarta-feira, 13 de julho de 2016

Pastor Felipe Heiderich chora em vídeo sobre acusação de abuso e diz ser inocente

O pastor Felipe Garcia Heiderich, de 35 anos, divulgou, nesta quarta-feira, um vídeo no qual falou sobre a acusação de abuso contra o enteado de 5 anos, filho da pastora Bianca Toledo.
Na gravação, o evangélico, que ficou preso por cinco dias e, por isso, aparece com a cabeça raspada, chorando, disse que estava em choque pelas acusações. "Eu precisava me recuperar um pouco. Eu sempre achei que todo mundo era inocente até que se provasse o contrário. Mas, o que eu vivi nesses últimos dias, semanas, é que todos são culpados até que se prove o contrário. Assim como vocês, eu fiquei em choque com tudo o que foi dito a meu respeito e todas as acusações. Até dia 12, eu estava em família, feliz, ministrando na igreja, com uma criança que eu amei, que eu mais amei nessa vida, que eu ajudei a criar com a minha esposa. No dia 14, eu sou comunicado por ela de que ela tinha descoberto que eu era homossexual e pedófilo. Ela pegou, saiu de casa com meu filho e ali começaram os piores dias da minha vida", diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!