quinta-feira, 28 de julho de 2016

Polícia Civil desarticula associação criminosa especializada em assaltos a ônibus na transamazônica

A Polícia Civil deflagrou, ontem, em Tucuruí, sudeste paraense, a operação policial denominada Ouro e Prata, com objetivo de desarticular uma associação criminosa especializada em assaltar ônibus de transporte de passageiros que trafegam na região.

O nome da operação é alusivo ao nome da empresa de ônibus em que foi registrado um dos assaltos. Durante a operação, houve troca de tiros entre policiais civis e três suspeitos, na rodovia de acesso à cidade. Um deles morreu e os outros dois fugiram. Segundo o delegado da Superintendência de Tucuruí, Eduardo Paisani, a operação foi resultado de investigações realizadas mediante inquérito policial instaurado para apurar assaltos a ônibus registrados na região. Durante as investigações, a equipe policial de Tucuruí tomou conhecimento de que um grupo de assaltantes, que vinha sendo investigado, iria assaltar novamente o coletivo da empresa Ouro e Prata, que faz linha de ônibus na região de Tucuruí.
Assim, a equipe policial seguiu até um ponto da rodovia, por onde passaram o veículo de transporte de passageiros, para fazer a abordagem do ônibus, no momento em que passasse no local. Durante a revista, os policiais civis abordaram um casal que viajava como passageiros. Os dois, segundo o delegado, eram os informantes do grupo de assaltantes responsáveis em repassar informações de dentro do veículo aos comparsas.
Conforme o delegado, os assaltantes, que fariam a abordagem do ônibus, estavam no interior de um carro modelo Chevrolet Sonic, cor preta, roubado em Marabá. O carro em que os bandidos estavam foi identificado e interceptado pelos policiais na rodovia antes do cometimento do assalto. No momento da abordagem, houve uma troca de tiros e um dos criminosos morreu. Outros dois homens armados, que estavam no carro, saíram correndo e se embrenharam em uma mata. Conforme o delegado, os assaltantes que fugiram já foram identificados e as investigações prosseguem para capturá-los.

Fonte: PC
Fotos: Reprodução Whatsapp

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!