terça-feira, 12 de julho de 2016

RURÓPOLIS: Ciretran promove mutirão de atendimento em parceria com o MPPA

Nos dias 9 e 10 de julho a Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) do município de Itaituba, a pedido do Ministério Público do Estado do Pará, realizou um mutirão de atendimento no município de Rurópolis a fim de prestar serviços e orientações a população local.
O evento foi realizado na Escola Municipal Maria Montessori, antiga escola Eucione Barbalho. O Ciretran ofertou diversos tipos de atendimento do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), sendo realizados 8 instalações de lacres nos automóveis, 21 vistorias nos veículos, 12 transferências, 136 renovações de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), 14 atendimentos de mudança e inclusão de categorias e a emissão de primeira habilitação a 39 pessoas. A ideia de realizar o mutirão surgiu a partir de solicitação da Promotoria de Justiça de Rurópolis, por meio do promotor Bruno Fernandes, que pretendia efetivar blitz educativas e repressivas para o controle do trânsito local. Como o município de Rurópolis não possui órgão competente, foi expedido ofício solicitando o apoio do Ciretran de Itaituba, representado pelo diretor Zedequias Carlos de Melo. “Após alguns contatos com o responsável pelo Ciretran, foi verificado que antes de uma blitz repressiva de fiscalização, era imprescindível dar oportunidade aos cidadãos ruropolenses de regularizar sua situação perante o órgão fiscalizador”, disse o promotor de Justiça Bruno Fernandes.
No primeiro dia de evento (9), o representante do Ministério Público fez a abertura dos trabalhos, explicando a importância da presença do Detran na cidade, a busca pela redução dos acidentes de trânsito e os impactos disso no custo da saúde, e, ainda, a busca da regularização do trânsito na cidade. “O intuito é a redução da condução de veículos automotores por adolescentes, logo não habilitados, bem como reduzir a existência de passageiros com idade inferior a sete anos, e em especial realizar a controle preventivo e repressivo da direção de veículo automotor sob influência de substâncias que alterem a percepção, como álcool e drogas”, ressaltou o promotor Bruno Fernandes. O diretor do Ciretran, Zedequias Carlos de Melo, destacou a solicitação do Ministério Público do Pará em Rurópolis, colocando-se a disposição para retornar quando for necessário e falou também sobre a importância do trabalho de fiscalização do MP e do Detran para a qualidade de vida dos cidadãos. Participaram do mutirão de atendimento o técnico em informática, Patrick Fialho Vieitas; na arrecadação, Ederson Jenner Arrelias Costa; no atendimento, Jacswelem da Silva Melo; na emissão de CNH, Ivanilde Sousa da Silva, e por fim, o gerente do Ciretran, Zedequias Carlos de Melo.

Texto e foto: Promotoria de Justiça de Rurópolis
Edição: Letícia Miranda (graduanda em jornalismo
Revisão: Mônica Maia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!