quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Em Uruará, polícia prende acusados de praticar assaltos

Foto: Polícia Civil/Divulgação
Cinco homens foram presos no município de Uruará, sudoeste paraense, acusados de envolvimento em crimes contra o patrimônio - roubos e receptação.
As prisões resultaram de investigações de assaltos praticados  na cidade por homens armados que abordaram as vítimas em via pública. Adonias Mendes Morais e Edimar dos Santos Batista, de apelido Zé Maria, foram presos no último domingo (20). Já ontem (21), a polícia encontrou Jhemerson Fernandes da Silva, de apelido Bombado, Abraão Ferreira Oliveira, e Danilo Rodrigues da Silva.

Os dois primeiros foram flagrados com diversos objetos roubados. A prisão deles foi realizada pela equipe da Delegacia de Uruará após uma vítima de roubo procurar a Delegacia para registrar o boletim de ocorrência. Com base nas informações prestadas pela vítima, a equipe da Polícia Civil saiu em perseguição aos suspeitos e conseguiu prendê-los. Na casa de um deles, foram encontrados objetos roubados, como roupas e até um violão, além de duas toucas-ninja usadas nos assaltos. Uma moto também foi apreendida na casa de um dos suspeitos. A vítima reconheceu os suspeitos e a moto apreendida. O veículo era utilizado nos assaltos.

Presos ontem (21), Jhemerson Fernandes da Silva, de apelido Bombado, e Danilo Rodrigues da Silva, irão responder por roubo com uso de arma de fogo, e Abraão Ferreira Oliveira vai responder por por receptação dolosa de produto roubado. Durante o trabalho investigativo, os suspeitos de autoria de roubos registrados na semana passada foram identificados. Em interrogatório, Jhemerson e Danilo confessaram o assalto a um adolescente de 14 anos do qual roubaram o telefone celular. Ainda, segundo eles, o aparelho foi vendido a R$ 100 para Abraão. Logo em seguida, o receptador foi preso em  Flagrante. Com ele, o celular roubado foi recuperado. Após as prisões dos suspeitos, diversas vítimas de outros assaltos compareceram à Delegacia para reconhecer os presos. Todos os acusados estão recolhidos à disposição da Justiça.

Fonte: http://www.ormnews.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!