domingo, 6 de novembro de 2016

Polícia Civil transfere para Itaituba enteado acusado de matar o padrasto em Rurópolis

A Polícia Civil transferiu, no último dia 2, de Rurópolis, no sudoeste paraense, ao presídio do Centro de Recuperação Regional em Itaituba, o preso Esmevaldo Ferreira de Oliveira, 18 anos, acusado de crime de homicídio.
Em 2 de outubro deste ano, ele matou a facadas o aposentado Manoel Gonçalves, 72 anos, no interior da casa da vítima. Segundo o delegado Ariosnaldo Vital Filho, titular da Delegacia de Rurópolis, o crime foi desvendado após diversas investigações que apontaram o autor do crime.

O homicídio foi resultado de um conflito familiar, já que a vítima era padrasto do acusado, que, por sua vez, não aceitava o relacionamento entre o aposentado e sua mãe. Além disso, explicou o policial civil, por ser usuário de drogas, Esmevaldo chegou a agredir fisicamente Manoel e a ameaçá-lo de morte.

As investigações foram realizadas pela equipe policial formada pelos investigadores Marcos Aldrin e Antonio Lira, que também foram responsáveis pelas buscas que levaram à prisão do acusado, após a decretação da prisão preventiva. Após ser preso, mediante autorização judicial, o preso foi transferido para Itaituba para responder pelo crime recolhido à disposição da Justiça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!