quinta-feira, 17 de novembro de 2016

"Vivemos um momento de tensão e medo" disse empresário que foi mantido refém em Itaituba, PA.

Era por volta de 1 hora da noite desta quarta feira, 16, quando dois elementos, identificados por: Wilton Santos da Silva, de 23 anos, vulgo, “Negão” e João Marcos Martins da Silva, de 21 anos, vulgo, “Marquinho”, chegaram à Funerária Itaguapax, localizada na 18ª Rua com a Travessa Lauro Sodré. 

Eles chegaram ao local, bateram na porta insistentemente, quando o empresário Neto abriu, um deles disse que sua mãe teria morrido e a família pagava a funerária; Neto pediu aos dois que entrasse, já dentro, um deles que estava de posse de um resolver calibre 38 com duas munições anunciou o assalto, em seguida levou o empresário para o quarto, aonde estava sua esposa e seu filho de quase dois anos.
(Funerária)
Já dentro do quarto o empresário foi amarrado com as mãos para trás com cabo de um carregador de celular, a dupla queria algo de valor, acharam o cofre e pediram para o empresário abrir, dentro tinha cerca de três mil reais, eles queriam saber se tinha arma na casa; Neto disse que não, que sua arma era Deus no coração. 
(Empresário Neto)
Depois de aproximadamente 15 minutos no quarto fazendo a família de refém a dupla se preparava para deixar o local, quando a Policia Militar chegou, como a casa não tem saída pelos fundos os mesmos ficaram encurralados, sem poder fugir; Neto ainda teve a calma de dialogar com a dupla que não encontrou alternativa a não ser se entregar para a policia que prendeu a dupla e levou para a delegacia de policia para os procedimentos legais. Eles estavam em uma moto bros, preta, 150 de placa: OSX- 6432, descaracterizada com fita adesiva preta que  formou o numero 6482. 
(Negão e Marquinho)
Na manhã de hoje Neto recebeu a nossa equipe de reportagem e contou dos momentos de terror vivido quando aos assaltantes estavam dentro de sua casa. Mesmo com a gravidade da situação ele manteve a calma; Neto disse que muito preocupado com a esposa e o filho, e agradeceu a Deus por tudo ter terminado bem. A arma usada pela dupla e aprendida pela policia foi enviada ao IML para ser periciada. Os dois presos em flagrante serão qualificados por roubo qualificado (http://www.jusbrasil.com.br/topicos/10619340/artigo-157-do-decreto-lei-n-2848-de-07-de-dezembro-de-1940) e cárcere privado (http://www.tjdft.jus.br/institucional/imprensa/direito-facil-1/sequestro-e-carcere-privado).

Fonte: Blog do Junior Ribeiro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!