sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Prefeito eleito de Marabá renuncia ao cargo e entrega carta de renúncia

Prefeito eleito de Marabá quer renunciar ao cargo  (Foto: Michel Garcia)
O prefeito Tião Miranda (PTB), eleito no último pleito de outubro de 2016 protocolou nesta sexta-feira (30), na Câmara Municipal de Marabá, no sudeste paraense, o pedido de renúncia ao cargo.
A carta foi recebida pelo presente atual da Câmara, Miguel Gomes Filho, “Miguelito” (PP), com a presença dos vereadores Pedro Correa Lima (PTB) e Carlos Roberto Gonçalves Miranda, o “Beto Miranda” (PSDB), irmão de Tião. Na carta, Tião justifica o pedido por motivos de saúde, devido a desgaste da campanha eleitoral. “Os desgastes dos compromissos diários me fizeram enxergar claramente que com o passar dos anos não temos mais a mesma vitalidade, e depois de 45 dias de caminhada, de diálogos, de gravações de programas, de viagens pelo município, de discursos, de reuniões e demais compromissos o abalo à minha saúde física e esgotamento foram além do que eu jamais imaginava, e então me defrontei com minhas limitações”, diz carta. Tião destaca ainda, que a atual situação financeira do município exigirá entrega no próximo mandato e que por isso, está “ciente de que este desafio está acima do que minhas limitações geradas pela idade e saúde, neste momento, podem oferecer”.
 
59.416 votos elegeram a chapa Tião Miranda e Antônio Carlos Cunha Sá (na foto) para os cargos de prefeito e vice de Marabá, respectivamente. O total conseguido nas urnas representa 51,64% dos votos válidos. No pleito, Dr. Veloso (DEM), obteve 41,41% dos votos; DR. Jorge Bichara (PV), 4,91% e Professor Rigler (PSol), 2,04% (Foto: Michel Garcia)

PERFIL DE ANTÔNIO CARLOS CUNHA SÁ

- Antônio Carlos Cunha Sá (foto) atuou por sete anos como delegado da Polícia Federal, em Marabá, mas se licenciou do cargo para concorrer na chapa de Tião Miranda à Prefeitura como vice-prefeito, pela sigla Rede Sustentabilidade. 

- No último dia 15 de dezembro, Antônio Sá esteve com o prefeito eleito de Marabá, Sebastiao Miranda Filho (PTB), na cerimônia de diplomação para os cargos que foram eleitos. Logo após a cerimônia, Tião Miranda havia falado sobre as expectativas de seu mandato, a partir de janeiro de 2017.

Fonte: (Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!