terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Quatro pessoas foram assassinatos em Paragominas, PA

Quatro assassinatos em Paragominas  (Foto: João Glória/RBATV)
A última sexta-feira (por sinal 13) foi regada a muito sangue e violência no município de Paragominas, sudeste paraense. Nada menos que 4 assassinatos chocaram a população do município.
Um homem foi detido suspeito de ser autor de um dos crimes. Identificado como Mauricio Lima Nascimento, de 24 anos, ele foi preso por policiais civis e apontado como assassino de Wilson Soares da Silva de 78 anos. O investigador Raimundo Carlos Trindade fez o registro do latrocínio (roubo seguido de morte), informando ao delegado Pedro Rocha Rolim do crime ocorrido no bairro Promissão III, depois que familiares da vítima haviam encontrado o corpo dentro do quarto da residência onde ela morava.

O cadáver estava em cima de sua cama, com os pés tocando no chão, de busto para cima, mãos algemadas para trás, com hematomas na barriga aparentemente produzidos por faca e a cabeça completamente envolta de papel e fita isolante. Pelas imagens conseguidas por policiais civis, por volta das 6h30 chegaram à residência da vítima 2 homens em uma motocicleta preta. Eles entraram na casa. Uma hora depois chegou um táxi branco permanecendo ali por alguns minutos.

Na sequência, o taxista manobrou o veículo de ré, entrou na garagem da casa da vítima e, alguns minutos depois, deixou o local. O crime começou a ser desvendado com a localização do carro no Terminal Rodoviário de Paragominas. Estava com Mauricio Lima Nascimento. Quando perguntado sobre o crime, negou participação. Com as investigações em andamento, o motorista mudou sua versão. Primeiro disse que havia sido assaltado e que virou refém, sendo obrigado a ir ao local do crime. Mas, durante seu depoimento, resolveu relatar a verdade. Foi quando disse que recebeu uma ligação de homem o contratando para realizar uma corrida. Com informações privilegiadas, os policiais civis foram ao endereço onde o taxista deixou o parceiro. Mas lá só encontraram o cofre da vítima já violado. Os policiais também conseguiram identificar o homem do telefonema. Ele está sendo procurado. 

SEGUNDO CRIME: O delegado Pedro Rocha Rolim recebeu, na Delegacia de Paragominas, Manoel Raimundo Batista, que por sua vez comunicou que o filho, de apenas 17 anos, saiu para uma seresta com outro irmão, e acabou assassinado. O pai relatou quer por volta das 4h30 de sexta-feira (13) já estava acordado se arrumando para ir ao serviço, quando a vítima adentrou na residência correndo e informando que seu irmão estava brigando. Em questão de minutos um homem invadiu a casa portando uma espingarda e deu um tiro no peito do adolescente. Fugiu em seguida. O adolescente ainda foi encaminhado ao Hospital Regional do Leste, porém acabou falecendo. O delegado Pedro Rolim conseguiu o nome de um suspeito, que agora está sendo indiciado pelo crime de homicídio e terá sua prisão solicitada na Justiça.

TERCEIRO CRIME: O terceiro crime em Paragominas foi no bairro da Cidade Nova e teve como vítima um rapaz ainda não identificado. Ele foi morto em frente de casa com 3 tiros, todos disparados por 2 homens que estavam em uma motocicleta. O crime está sendo investigado por policiais civis.

Fonte: DOL 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!