domingo, 19 de fevereiro de 2017

Detento recapturado confessa ter matado agente prisional, diz polícia

Com o homem, foi encontrada uma moto com placa adulterada e droga. Suspeito é foragido da penitenciária de Cucurunã, em Santarém.

A polícia prendeu na madrugada deste sábado (18) em Santarém, oeste do Pará, o principal suspeito de ter matado um agente penitenciário no dia 7 de fevereiro. O homem estava em uma moto com a placa adulterada, que foi apreendida. Com ele também foi encontrado um cordão, relógio, dinheiro e droga. Segundo a polícia, Frank França de Sousa, 19 anos, é foragido do Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura (CRASHM), na vila de Cucurunã, região do eixo forte. Em depoimento, o detento confessou ter matado o agente.

Segundo o delegado responsável pela Divisão de Homicídios, Germano do Vale, a polícia conseguiu chegar até o detento após a divulgação do retrato falado do suspeito e investigações da Divisões de Homicídios, Chefia de Operações, NAI e reservado da Polícia Militar.

"Ele resolveu confessar o crime cometido em desfavor do agente prisional e contar a motivação, ou seja, ele alega que enquanto estava no cárcere, o agente não teria o levado à enfermaria e sempre negava os pedidos dos internos. É uma alegação dele, vai ser apurado, mas o fato em si é que o Frank admitiu o que a gente já suspeitava, de ser o autor do crime", contou o delegado Germano do Vale. O suspeito foi preso por volta de 1h da manhã, no bairro Urumari, quando policiais miliares que faziam ronda pela cidade foram informados que o suspeito estaria em uma moto preta.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!