quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Ministro da Integração visita Santarém e anuncia recursos para obras na Orla

Ministro Helder Barbalho e o prefeito Nélio Aguiar durante a visita ao cais de Santarém (Foto: Adonias Silva/G1)
O Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, visitou Santarém, oeste do Pará, na tarde desta terça-feira (21) e anunciou a destinação de aproximadamente R$ 76 milhões para obras de reparo e recomposição da Orla, no trecho do Mercado Municipal até a área da Companhia Docas do Pará (CDP).
Parte do cais de arrimo desabou após fortes chuvas em dezembro (Foto: Divulgação/Prefeitura de Santarém)

Parte do cais, onde atracam embarcações, desabou após fortes chuvas em dezembro de 2016, próximo à Praça Tiradentes. Este ano, a Prefeitura fez serviços de reparos no local e solicitou apoio do Governo Federal para ações imediatas. A comitiva desembarcou no aeroporto Maestro Wilson Fonseca por volta de 13h30. Houve atraso de quase uma hora do previsto para a chegada ao município. Mais cedo, ao menos 60 moradores do Residencial Salvação, do programa “Minha Casa Minha Vida”, do Governo Federal, fecharam o trecho da avenida Fernando Guilhon, que dá acesso ao aeroporto, em protesto durante a visita do ministro Helder Barbalho. Os manifestantes denunciam problemas de alagamentos nas casas, além dos altos preços nas contas de água e luz.
Durante a visita, o ministro Helder Barbalho anunciou os repasses de R$ 76 milhões para obras (Foto: Adonias Silva/G1)
Passava das 14h quando Helder Barbalho e a equipe da Defesa Civil Nacional chegaram a área que tem sofrido danos no solo com o período de chuvas e a força das marés. Ele esteve acompanhado do secretário Nacional de Desenvolvimento Regional, Marlon Carvalho Cambraia, prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, vice-prefeito, José Maria Tapajós, secretário de infraestrutura, Daniel Simões, deputados federais e outras autoridades. Helder e Nélio vistoriaram a área onde o cais desabou e em depois concederam entrevista a imprensa. A visita durou cerca de meia hora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!