domingo, 2 de abril de 2017

Uruará: Homem é assassinado a facadas

Morto a facadas em Uruará (Foto: Divulgação)
Um homem de identidade desconhecida foi morto a facadas, no centro do município de Uruará, na região sudoeste do Pará, sendo que logo depois uma guarnição da Polícia Militar conseguiu prender o criminoso, que portava a arma do crime.

Segundo as informações levantadas, às 20h desta quinta-feira (30), a Polícia Civil recebeu a informação de que havia ocorrido um homicídio na avenida Perimetral Sul, no centro da cidade de Uruará, local este costumeiro de permanência de andarilhos, indivíduos que fazem consumo de bebida alcoólica. Segundo informações de populares, dois homens estavam se digladiando, sendo que a vítima estava com um pedaço de pau na mão e o autor do homicídio, com uma faca. De repente, o assassino desferiu diversos golpes de faça na vítima, a qual veio a morrer no local. Com a chegada da PM, nenhum documento foi encontrado com a vítima e, segundo informações, o autor estaria nas imediações, o que levou a equipe do cabo Tomas José a empreender diligências, não demorando a prender o trabalhador braçal Deusina Pereira Vieira, de 21 anos, suspeito do crime.

ABORDAGEM:
Deusina foi abordado nas proximidades da praça municipal, centro da cidade de Uruará, e, ao ser revistado, foram encontradas duas facas de cozinha, sendo que uma estava suja sangue. Na casa onde estava hospedado, os policiais encontraram uma camisa também suja de sangue. Deusina Pereira chegou a negar a autoria do crime, mas depois confessou, comunicando que matou o homem porque este queria matá-lo. Ele relatou que não conhecia a vítima, pois mora no município de Rurópolis e estava há pouco tempo na cidade de Uruará.

Segundo o delegado Walison Magno Damasceno, no depoimento prestado na Delegacia de Uruará, “o indiciado em homicídio qualificado informou que tinha vindo a Uruará para procurar trabalho e, quando voltava para a casa onde estava hospedado, foi ameaçado por um homem desconhecido, dizendo que ia matá-lo”. Ele disse que ainda tentou correr, se afastando até encontrar um conhecido, que lhe deu uma faca, e, para se defender da agressão, acabou furando o desconhecido várias vezes.  Diante das evidências e da confissão, Deusina Pereira Vieira foi autuado em flagrante e está à disposição da Justiça.

Fonte: (J. R Avelar/Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!