quarta-feira, 14 de junho de 2017

Itaituba: Policia Civil confirma suicídio do mecânico “Zé Baiano”

Laudo de pólvora combusta que foi feito nas mãos e punhos do mecânico confirmaram resíduos de pólvora na mão direita e negativa na mão esquerda.

A Policia Civil de Itaituba, através do Delegado Conrado Wolfring, recebeu esta semana um laudo do Centro de Pericias Cientificas Renato Chaves - Núcleo Itaituba, que fora solicitado pelo delegado a cima citado, para fazer um exame pericial: Pesquisa de pólvora combusta nas mãos e punhos do cadáver do nacional; Adenilton Lourenço de Oliveira, de 46 anos, alcunha “Zé Baiano da Oficina”, morto com um tiro de resolver calibre 38 na cabeça na quinta feira, 01 de Junho, por volta das 04hs00min, em uma residência na 34ª Rua do Bairro Santo Antônio. 

Segundo informações da Policia Civil, o casal Adenilton Lourenço de Oliveira e Gláucia Lima de Brito estavam juntos a cerca de 10 anos. No momento o casal passava por uma crise. A senhora Gláucia estava querendo a separação, mas Adenilton não estava aceitando a decisão da mulher. No dia e hora já citado, o casal teve uma discussão intensa durante a madrugada; Adenilton que era um cara trabalhador, muito querido na cidade, parece ter planejado o que iria fazer naquela madrugada. No “calor” da discussão, o mecânico que estava de posse de um resolver calibre 38, sacou a arma e efetuou dois disparos na mulher que caiu no quarto do casal desfalecida. Pensando ter matado a mulher, o mecânico foi ao banheiro e deu um tiro na própria cabeça, assim tirando sua vida. 

Pouco tempo depois a mulher acordou e ligou para um parente que acionou a policia militar. Gláucia foi levada rapidamente ao hospital municipal, durante o dia para um hospital particular da cidade, e conseguiu sobreviver e hoje passa bem. A hipótese inicial era de suicídio, mas a policia também suspeitou de homicídio. A policia iniciou as investigações, ouviu as testemunhas, a recentemente ouviu a senhora Gláucia que sofreu a tentativa de homicídio. Em seu depoimento a mesma estava tranquila, tirou todas as duvidas do delegado, do que aconteceu dentro da casa naquela noite. Essa semana chegou o laudo de pólvora combusta que foi feito nas mãos e punhos do mecânico, e foi comprovado que não mão direita do mesmo havia resíduos de pólvora e negativo na mão esquerda. Então a policia tem praticamente certeza que foi um suicídio e não homicídio, afirmou o Delegado Conrado Wolfring em entrevista ao Blog do Junior Ribeiro. 

FONTE: BLOG DO JUNIOR RIBEIRO 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!