quinta-feira, 8 de junho de 2017

Polícia Civil realiza curso de capacitação do projeto Academia Itinerante em Itaituba, PA

A Polícia Civil deu início, na segunda-feira, 5, ao curso de capacitação para aperfeiçoamento dos profissionais de Segurança Pública que atuam na região do Tapajós, no sudoeste do Pará.
Ao todo, 43 profissionais que atuam em Itaituba e adjacências participam até sexta-feira, 9, de cursos teóricos de investigação policial, atividade de inteligência e direitos humanos, além de atividades práticas de tiro policial, e de uso e manuseio de armamento. Os cursos fazem parte do projeto "Academia Itinerante", coordenado pela Academia da Polícia Civil (Acadepol), que tem por objetivo levar o aperfeiçoamento em técnicas operacionais aos agentes de Segurança Pública.
A abertura do treinamento, na sede do Corpo de Bombeiros, em Itaituba, contou com a presença da delegada Marlise Tourão, diretora da Acadepol, que ministrou a palestra sobre Direitos Humanos e Qualidade no Atendimento. Nesta terça-feira, 6, foi a fez das aulas com o professor e investigador de Polícia, Afonso Rodrigues, sobre Inteligência Policial, realizada no auditório da Superintendência da Polícia Civil, em Itaituba.
Nesta quarta-feira, 7, o curso prossegue com estudos de casos em local de crime. O projeto conta com a parceria de instrutores do Grupo de Pronto-Emprego (GPE), da Polícia Civil, os quais, no decorrer do curso, realizarão aulas práticas de tiro. Entre os alunos dos cursos estão policiais civis e militares, bombeiros, militares do Exército, agentes de trânsito do Detran e da Coordenadoria Municipal de Trânsito de Itaituba (Comtri).
Segundo a diretora, durante o curso, nas atividades práticas de tiro, que serão realizadas a partir de quarta-feira à tarde, os policiais terão atividades operacionais como técnicas de abordagens e entrada em área confinada. Os agentes também serão habilitados ao uso da nova arma adquirida pela Polícia Civil, a carabina CT 30, e ainda terão instruções com a atual arma usada pelo corporação, a pistola calibre ponto40. A meta da Acadepol é, até o final do primeiro semestre deste ano, capacitar todos os policiais civis do Pará.

Fonte: Walrimar Santos e PC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!