quarta-feira, 26 de julho de 2017

Indígena de 14 anos mata própria irmã e fere cunhado com tiro de espingarda

Indígena de 14 anos mata própria irmã e fere cunhado com tiro de espingarda (Foto: Felype Adms/Diário do Pará)
Um adolescente indígena de 14 anos assassinou a própria irmã e feriu o cunhado com um tiro de espingarda após uma briga familiar em uma comunidade localizada na cidade de Vitória do Xingu, no sudeste paraense.
O crime ocorreu na madrugada de terça-feira (25). Segundo a Polícia Civil, familiares informaram que o adolescente estava muito alterado e no dia anterior já havia baleado seu cunhado Carlos Alberto, por motivo fútil. Ele foi encaminhado para o hospital de Altamira, onde permanece internado, sem risco de morte.

Já durante a manhã desta quarta-feira (26), Katlilin Eduarda Cardoso Mota, de 19 anos, foi tirar satisfações com o irmão sobre o ocorrido, resultando em nova discussão. O adolescente sacou a espingarda e ameaçou a irmã, disparando em seguida na barriga da vítima, que morreu no local.

Ainda de acordo com a PC, após atingir a irmã com um tiro de espingarda calibre 20, o adolescente permaneceu ao lado do corpo, ameaçando a todos que se aproximavam. Após o homicídio e ao perceber a chegada da polícia, o adolescente fugiu para uma mata na região com a arma do crime. Até às 16h de hoje, o adolescente ainda não havia sido detido. Segundo Lindoval Borges, delegado titular de Vitória do Xingu, responsável pelo inquérito, as testemunhas já foram ouvidas. O corpo de Ketelyn foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Altamira. O crime continua sendo investigado.

(DOL com informações de Felype Adms/Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!