terça-feira, 22 de agosto de 2017

Áudios divulgados pela Justiça revelam que Reginaldo Campos ficava com parte do salário de seus assessores; ouça trechos

Vereador Reginaldo Campos foi preso no dia 7 de agosto na Operação Perfuga (Foto: Adonias Silva/G1)
As conversas aconteceram em março deste ano, nos dias que sucederam o pagamento da folha de pessoal da Câmara Municipal de Santarém.
Cinco áudios de gravações interceptadas pela Operação Perfuga em março de 2017, foram divulgados pela Justiça nesta segunda-feira (21). Nas gravações, o vereador Reginaldo Campos conversa com Andrew Oliveira, ex-chefe de recursos humanos da Câmara e assessores lotados no gabinete do parlamentar, em que ele cobra valores de férias e parte dos salários dos seus subordinados. http://g1.globo.com/pa/santarem-regiao/noticia/audios-divulgados-pela-justica-revelam-que-reginaldo-campos-ficava-com-parte-do-salario-de-seus-assessores-ouca-trechos.ghtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!