quarta-feira, 18 de abril de 2018

Santarém: Vereador Mano Dadai é preso pela Polícia Civil

O vereador Yanglyer Glay Santos Mattos, conhecido como Mano Dadai (PRTB), foi preso no final da manhã desta quarta-feira (18), na Câmara Municipal de Santarém. O Vereador era o primeiro suplente do ex-vereador Reginaldo Campos.
O mandado de prisão foi cumprido pela Polícia Civil, sob o comando do delegado Kleidson Castro, que preside o inquérito da Operação Perfuga. Segundo informações repassadas pelo promotor Rodrigo Aquino, que estava na Câmara Municipal no momento da prisão de Mano Dadai, o Vereador foi preso por suspeita de peculato, associação criminosa e inserção de dados falsos em documentos do legislativo.

Conforme apurou nossa equipe de reportagem, a ex-esposa de Mano Dadai, Patrícia Gonçalves foi identificada como funcionária fantasma da Câmara.

ADVOGADO DO VEREADOR FALA SOBRE O CASO: O advogado Alexandre Paiva, que está atuando na defesa do vereador Mano Dadai, em contato com nossa reportagem, disse que está acompanhando seu cliente na Seccional de Polícia Civil. Ele falou que até o presente momento a defesa não teve acesso ao Processo ainda. “A fundamentação da prisão é a Delação do ex-vereador Reginaldo Campos. que afirmou que a contratação da ex-esposa de Mano Dadai foi um acordo Político”, disse Dr. Alexandre Paiva.

RG 15 / O Impacto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!