terça-feira, 22 de maio de 2018

Empresário é morto a tiros em Anapu- PA

Família de Luciano Albano Fernandes atribuiu o crime à disputa por terras. Foi assassinado à tiros em Anapu, o empresário e pioneiro na Região Transamazônica e Xingu, Luciano Albano Fernandes, de 52 anos.
Segundo informações da Polícia Militar, Luciano estava em casa, quando saiu na varanda da residência para atender uma ligação por volta das 22h de sábado (19), porém, ao sair foi atingido por vários tiros. O local exato do crime foi na área da antiga serraria da família Fernandes, nas margens da BR230, Luciano sangrou bastante e chegou a ser levado pelos irmãos Cláudio e Silvério para o hospital municipal de Anapu, mas ele não resistiu.

A reportagem ouviu populares e pessoas próximas da família e todos atribuem o crime a disputa por terras na região de Anapu, conflito que já dura décadas. Após os disparos Luciano teria entrado na casa chamando pelos irmãos e dizendo “me mataram”, segundo relatos de policiais, a vítima não deu nenhum detalhe sobre o (s), assassino (s).

Além da equipe da Delegacia de Anapu, a Superintendência da Polícia Civil na região do Xingu, sediada em Altamira, determinou o enviou a Anapu uma equipe da Delegacia de Homicídios de Altamira (DHA) para dar suporte às investigações do crime.

Após perícia no IML o corpo foi velado em Altamira no prédio do SIRALTA – Sindicato Rural de Altamira na Travessa Bandeirantes 427, no Bairro Explanada do Xingu. Em vídeo, compartilhado nas redes sociais, Silvério Fernandes, ex-vice-prefeito de Altamira, desabafa e cita a disputa por terras como o motivo do assassinato de Luciano, ele ainda pede ajuda de Jair Bolsonaro para conter a violência em Anapu

Fonte: Felipe Adms (Diário do Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!