quarta-feira, 4 de julho de 2018

Itaituba recebe investimentos em saúde, educação e infraestrutura.

O município de Itaituba, no sudoeste do Pará, recebeu na terça-feira (3) importantes investimentos. Na área da infraestrutura, foram entregues convênios para serviços de manutenção da Rodovia Transgarimpeira e da Estrada do Bis, vias da região usadas para escoamento da produção agropecuária local.
A cerimônia realizada na sede do 7º Grupamento de Corpo de Bombeiros, foi conduzida pelo governador Simão Jatene e contou com a participação de parlamentares, representantes de pastas estaduais, comunidade e autoridades locais. Na ocasião, o Estado também repassou à prefeitura máquinas e equipamentos adquiridos pelas secretarias de Estado de Transportes (Setran) e de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), para reforçar a infraestrutura e a agricultura familiar. "Talvez pela primeira vez Itaituba esteja com um parque de máquinas novo e com essa qualidade. Quem ganha com isso é a população", afirmou o governador Simão Jatene.

A agenda de governo no município também contou com uma série de visitas a obras nas áreas de saúde e educação. Entre elas está a do Hospital Regional Público do Tapajós, que está com 100% de sua estrutura de seis pavimentos concluída. A nova unidade de saúde ampliará o atendimento médico de alta complexidade no Estado. A construção representa um investimento de mais de R$ 148 milhões, recursos da Caixa Econômica Federal.

"Esse tipo de investimento só é possível graças aos impostos que cada paraense paga. Vale lembrar também que mesmo com a crise, que desestruturou a economia dos municípios e Estados, conseguimos manter nossas contas equilibradas. Isso nos possibilitou a retomada de obras importantes, como a deste hospital que vai beneficiar não só Itaituba, mas toda a região", afirmou o governador.

Ao todo serão ofertados 165 leitos, sendo 108 para as especialidades de clínicas médica, cirúrgica, pediátrica, obstétrica e mais 4 leitos de isolamentos; 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, 10 de UTI pediátrica, além de 10 Unidades de Cuidados Intermediários (UCI) neonatal e 5 de UCI Canguru.

A unidade hospitalar contará ainda com 12 leitos de urgência e emergência e 5 leitos PPP (Pré-Parto, Parto e Puerpério) e disponibilizará os serviços de mamografia, ressonância magnética, tomografia, RX, ultrassonografia, endoscopia e terapia renal substitutiva, com 22 máquinas de hemodiálise. Atualmente 250 operários trabalham nas etapas de instalações hidrossanitárias, elétricas, impermeabilização, revestimento interno e externo, equipamentos e piso. Os serviços de cobertura, vidraçaria, forro, esquadrias de madeira e metálicas, serviços complementares, áreas externas e paisagismo já foram concluídos.

Além do Regional de Itaituba, para este ano há previsão de entrega dos hospitais: Abelardo Santos (Icoaraci); Castanhal e o Hospital Materno-infantil de Capanema, que atenderá cerca de 500 gestantes ao mês, inclusive com referência em gravidez de alto risco. O Governo do Estado prevê ainda a finalização das obras dos hospitais municipais que estão sendo requalificados e equipados com recurso exclusivo do tesouro do Estado em Abaetetuba; São Caetano de Odivelas; Concórdia do Pará; Mojuí dos Campos; Jacareacanga; Novo Progresso e Garrafão do Norte. Além destes, o hospital de Ipixuna também fará parte da rede estadual, fortalecendo o atendimento na região nordeste do Pará. 

“No início da nossa gestão, o Estado possuía apenas três grandes hospitais de média e alta complexidades, todos em Belém (Santa Casa, Hospital das Clínicas e Ophir Loyola). Com a finalização das obras em andamento, teremos mais de 20 cobrindo todas as regiões do Estado”, destacou o governador Simão Jatene.

Educação – Ainda no município, a comitiva estadual visitou as obras da escola do Distrito de 

Miritituba. O projeto representa um investimento de R$ 6.051.932, financiado com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e complemento do Tesouro Estadual.
O prédio conta com 12 salas de aula, bloco administrativo, área de recreio coberto, ginásio, laboratório, auditório e guarita de segurança. A conclusão das obras está prevista para o primeiro semestre de 2019.

A obra foi retomada neste ano, depois que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) equacionou questões jurídicas do processo licitatório, que atrasaram a execução da obra. Foi aberta nova licitação e a construção retomada no final de janeiro.

Abastecimento - A comitiva também realizou visita técnica à Estação de Abastecimento e Tratamento de Água da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), que recebeu investimento de mais de R$ 18 milhões. A nova estrutura possibilitou o aumento da capacidade de produção e melhoria da qualidade da água distribuída, beneficiando mais de 34 mil habitantes do município.

A obra contemplou a implantação de uma Estação de Tratamento de Água, com capacidade de 324 m³/h, melhorias no setor de captação do Rio Tapajós, a construção de reservatório, casa de bombas e de uma Estação de Água Tratada (EAT) anexa a um reservatório. Também foram implantados 24,54 km de rede de distribuição de água, novos sistemas elétricos e de automação e 1.950 novas ligações prediais, sendo 591 ligações hidrometradas.


Colaboração: Marcelo Lelis – Agência Pará
Por Lidiane Sousa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identifique e deixe seu comentário com responsabilidade!!!